EnglishPortuguese
Orçamento

SETOR PREPARADO PARA O PÓS-PANDEMIA

Ao mesmo tempo em que o país combate a Covid-19, segmentos como o de eventos começam a se mobilizar para o período pós-pandemia. E a união setorial tem sido estratégica para permitir que essa indústria retome suas atividades com sustentabilidade e segurança.

Atenta a essa realidade, a Ubrafe acelerou um projeto de mudança estatutária para incorporar mais setores à sua lista de associados. Antes voltada a promotores de feiras, a entidade mudará sua denominação para União Brasileira dos Promotores de Eventos de Negócios, mobilizando agências, montadoras e também centros de convenções. “Em paralelo, estamos criando câmaras setoriais, de modo a reforçar a integração de cada segmento ligado à cadeia produtiva e garantir o aperfeiçoamento de toda a operação que cerca um evento”, destaca o vice-presidente Daniel Galante. Cerca de 25 centros de convenções já fazem parte dessa iniciativa.

Também como parte dessa grande aliança setorial, foi elaborado um rígido protocolo para viabilizar uma retomada consciente do segmento de feiras comerciais e congressos. O material recebeu a assinatura de entidades vinculadas a esses segmentos, como AbeocAbrace e a própria Ubrafe, além de sete centros de convenções – incluindo o Rebouças.

Essa relação de protocolos já foi avaliada pelo Governo do Estado de São Paulo e agora está em fase de validação técnica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP). “Ainda este mês devemos ter a versão final do documento”, antecipa Galante. O dirigente ainda projeta que os eventos retornem em agosto, mas sempre de acordo com a evolução das fases do Plano São Paulo instituído pelo governo e com os indicadores da Covid-19.

Os centros de convenções também se uniram em torno de uma campanha, com direito a um vídeo institucional para destacar a representatividade do setor de eventos para a economia e como eles poderão ser retomados com respeito a todas as recomendações sanitárias e de saúde. “Desde o início da pandemia valorizamos com o cliente a importância da remarcação e a resposta foi positiva. Mas com a liberação do governo, promotores e organizadores ficarão mais confiantes e seguros para cumprir suas agendas nesse segundo semestre, considerando que nós, centros de convenções, estamos preparados e seguros para a retomada a partir de agosto”, ressalta a diretora do Rebouças, Ana Luisa Diniz Cintra.

SOLUÇÕES ALTERNATIVAS PARA O MOMENTO

Rebouças também disponibilizará, a partir de julho, um estúdio de produção e soluções para a realização de eventos online. Parceira dessa iniciativa, a empresa de audiovisual Hoffmann terá um ambiente adaptado no próprio centro de convenções, com equipamentos de última geração para demandas por cursos, aulas, conferências, treinamentos e lives. O objetivo é garantir uma experiência diferenciada ao participante, com interatividade e conteúdo de qualidade para atender e dar suporte aos eventos nesse momento.

2019 © Copyright Centro de Convenções Rebouças do HCFMUSP